Prefeitura libera abono salarial para professores municipais

0

Na tarde de hoje, 19, o prefeito de Moju, Deodoro Pantoja, Ie-Ié, anunciou a liberação do pagamento do “14º Salário”, conhecido como “Abono Salarial”, no valor de R$700,00 (setecentos reais) para todos os professores da rede municipal que praticam suas atividades em sala de aula.

“Quero, neste momento, fazer a divulgação de uma notícia que, certamente, nos enche de satisfação, pois em completa contramão da grande crise econômica que ainda envolve o Brasil inteiro, nossa gestão está efetuando o pagamento do ‘14º Salário’ de nossos professores. Confesso que estamos em estado de comemoração por nossa gestão ter alcançado o patamar de efetuar esse pagamento e de termos garantido integralmente o 13º salário de todos os servidores municipais, assim como a quitação dos salários referentes ao mês de dezembro, ambos de acordo com os prazos estabelecidos pela legislação, ainda no fim de 2016, sem atrasos”, disse o prefeito.

Segundo a prefeitura, no fim da última gestão municipal, ou seja, no decorrer do último pleito eleitoral, que culminou com a vitória nas urnas de Deodoro Pantoja, Ie-Ié, no dia 02 de outubro, não era permitido por lei realizar a destinação do abono salarial aos professores pela razão óbvia: a garantia da paridade entre os candidatos que disputavam as eleições. Agora, o governo “Quem Ama Moju, Cuida” tem a permissão de destinar o dinheiro à categoria e declara que garante tal pagamento porque teve responsabilidade com as contas municipais, enquanto muitos municípios do Pará e de outros Estados do Brasil não conseguiram pagar em dia nem os salários de seus funcionários.

O prefeito Deodoro Pantoja, Ie-Ié, aproveitou o momento para também agradecer a população pela reeleição. “Portanto, amigos e amigas mojuenses, quero concluir dizendo que a cada conquista que alcançamos enfatizamos nossa gratidão pela confiança que os cidadãos do município de Moju depositaram sobre a gestão que se encerrou em 31 de dezembro de 2016 e que foi escolhida para dar continuidade ao trabalho, por meio de um novo mandato de reeleição, com início dia 1º de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020. Acredito que no atual cenário político social do país, possuir determinado apoio de nossa gente é uma honra que poucos tem o prazer de usufruir. Mais uma vez reafirmo nosso compromisso de continuarmos valorizando, através de nossas ações administrativas, a qualidade de vida de nossa população. Um forte abraço e que Deus esteja sempre conosco, nos guiando e abençoando”.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade