Semed premia melhores projetos científicos da FEICISEMED

0

Investir no incentivo à pesquisa e inovação científica desde a Educação Básica é um dos propósitos da Secretaria Municipal de Educação de Moju. Pensando nisso, a Semed premiou na manhã da última sexta-feira, 24, os alunos e orientadores dos melhores projetos científicos da Feira de Ciências da Semed, a FEICISEMED, que aconteceu dia 17.

A cerimônia de premiação foi realizada no auditório da Escola Municipal Oton Gomes e contou com a presença da secretária municipal de Educação, Lúcia Cristo, do coordenador de projetos da Semed, Gilberto Silva, de diretores das escolas públicas e de diversos alunos, que estavam ansiosos pela conquista de troféus e medalhas em reconhecimento à dedicação à pesquisa.

Em seu discurso, Lúcia Cristo destacou a importância das ideias inovadoras dos estudantes para a concretização de pesquisas significativas, que venham contribuir de forma decisiva para o bem da humanidade e do planeta. “Nosso ex-aluno mojuense Washington Filho, da Escola Jandira, é um exemplo de aluno que iniciou sua pesquisa ainda no Ensino Fundamental e hoje destaca-se pela ideia brilhante de criar tábua de MDF feita com caroço de açaí e armação de óculos e engrenagem a partir do reaproveitamento do caroço desse fruto paraense. Para nós é orgulho muito grande! Estudem e aproveitem a oportunidade de se tornarem grandes alunos cientistas”, desejou.  Confira abaixo a relação dos projetos premiados:

– CATEGORIA: Relevância de Inovação

1º Lugar: Aproveitamento da semente de açaí para a produção de café.

2º Lugar: Resgatamento dos valores éticos e morais nos ensinos bíblicos.

3º Lugar: Água, fonte de vida.

 

– CATEGORIA: Relevância Sustentabilidade

1º Lugar: Geração de energia limpa.

2º Lugar: O conhecimento popular das plantas medicinais no processo de ensino-aprendizagem.

3º Lugar: Desenvolvendo hábitos saudáveis e cuidando dos dentes.

 

– CATEGORIA: Relevância Ambiental

1º Lugar: O poder medicinal do óleo do bicho do tucumã.

2º Lugar: O alto teor de sódio nos alimentos e suas consequências.

2º Lugar: Boia de miriti

3º Lugar: Educação ambiental e o reaproveitamento dos resíduos sólidos (papel).

 

 – CATEGORIA: Social e Econômica

1º Lugar: Filhos órfãos de pais vivos

2º Lugar: O jogo da velha química orgânica como proposta metodológica para o ensino de nomenclatura de compostos orgânicos.

3º Lugar: Incentivando a leitura e a produção de textos no processo de ensino-aprendizagem.

Por Tatiara Ferranti (Ascom Prefeitura de Moju)

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade